Psicologia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Psicologia

Mensagem por Mardieli em Dom 16 Ago 2009 - 11:19

Olá...sou nova aqui, e ainda não li as regras (a "fome" de respota ta maior), então me desculpem qualquer coisa ai!

Bom, eu estou pretendendo cursar psicologia ano que vem...porém eu tenho algumas dúvidas.
A psicologia busca sempre explicações para as perturbações das pessoas ou coisas do tipo...eu não to conseguido elaborar direito a pergunta, mas espero que alguém entenda o que eu to querendo entender também Laughing queria saber se "é errado" tentar entender as coisas da maneira que a psicologia entende...se eu posso entender da maneira da psicologia e ser capaz de mostrar que Deus é o unico remédio para tudo isso que acontece.

desde já agradeço as respostas!
avatar
Mardieli
Sou Iniciante
Sou Iniciante

Feminino Número de Mensagens : 2
Idade : 26
Localização (Cidade/UF) : Linhares - ES
Data de inscrição : 16/08/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicologia

Mensagem por Brother James em Qui 5 Nov 2009 - 17:56

Oi Mardieli, a paz do Senhor. Sou formado em psicologia, mas estou trabalhando em outra área. Bom, eu acho o seguinte.

O Espírito Santo cura muitos traumas e feridas emocionais que anos de terapia não resolveriam.

Mas o espaço privado da clínica é muito diferente do espaço coletivo da igreja, e mesmo do espaço individual do seu quarto, quando ora e busca a Deus. Quer dizer, a psicologia pode sim ajudar o homem no seu crescimento.

Agora, é necessário ficar atento às regras do Conselho Federal de Psicologia. Por exemplo, uma psicóloga ( esqueci o nome) levou uma advertência porque busca ajudar homossexuais que querem mudar seu comportamento.

Há também muitas práticas psicológicas que vão contra à Palavra, tanto por envolver questões espirituais/religiosas ou por envolver outras, por exemplo, ligadas à sexualidade.

Acho que não é aceitável pelo Conselho, por exemplo, orar durante uma consulta. Nem mesmo falar de Jesus. Mas penso que o psicólogo pode, sim, orar pelo seu paciente, mesmo que o paciente não saiba disso. O psicólogo pode pedir direção a Deus sobre o problema do paciente e sobre como lidar com ele.

Existem também muitos cristãos psicólogos, e isso pode mudar, inclusive, a realidade do Conselho de Psicologia.

A fé pode ser incluída numa abordagem psicólogia, existe uma área, ainda não muito estabelecida, chamada Psicologia Transpessoal. No entanto, a maioria dos estudos nessa área são de práticas espirituais que não agradam a Deus. Mas é um espaço para inserir a fé cristã no âmbito da psicologia.

No ambiente da faculdade de psicologia ( e de áreas afins como filosofia), talvez você encontre muitas críticas ao cristianismo. Nietzsche, por exemplo, declarou que "Deus está morto". Infelizmente, ele morreu "louco". É preciso estar firme no Senhor para não se deixar contaminar, e enfraquecer.

Por fim, acho que deve pesquisar psicólogos cristãos: a Bispa Lúcia Rodovalho é psicóloga, acho que é clínica. Se puder conversar com eles sobre sua prática, será interessante.

No mais, um teste vocacional sempre é interessante. Pesar os prós e contras na balança: vocação, sonho, mercado de trabalho, etc.
Caso decida seguir a psicologia, desejo sorte e a benção de Deus.

Paz do Senhor

Brother James

Brother James
Sou Iniciante
Sou Iniciante

Masculino Número de Mensagens : 4
Idade : 36
Localização (Cidade/UF) : Brasília
Data de inscrição : 05/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum